Morte atrás das grades

Sinopse

A máxima “bandido bom é bandido morto” tem sido colocada em prática em prisões dos Estados Unidos de uma forma cruel, condenando detentos à morte, sem que eles tenham sequer o direito de serem julgados pelos crimes que são acusados. Suicídios, atendimentos médicos mal feitos e prisões inadequadas são as principais causas dessas mortes, que, mesmo sendo de conhecimento das autoridades, acabam tornando-se apenas estatísticas em virtude de uma lei que determina o sigilo desses números.

Episódios

  • Capítulo 1: Condenados sem julgamento

    Capítulo 1: Condenados sem julgamento

    Duração: 35min

    Milhares de presos do sistema carcerário dos Estados Unidos morrem antes de terem a chance de serem julgados pelos crimes que lhe foram imputados. Má atuação de agentes, suicídio e negligência nos cuidados de saúde são algumas das causas dessas mortes, que poderiam ser evitadas se houvesse uma maior supervisão do sistema. Mas, apesar de ter dados detalhados sobre quem morre e em que prisão do país isso acontece, o governo americano impõe sigilo sobre essas informações, não permitindo qualquer acesso a elas.

  • Capítulo 2: Cuidado fatal

    Capítulo 2: Cuidado fatal

    Duração: 37min

    Penitenciárias nos Estados Unidos que terceirizaram seus serviços de saúde para empresas privadas apresentam taxas mais elevadas de mortalidade de detentos do que aquelas cujos cuidados de saúde são administrados por agências públicas. O caso de uma prisão no estado americano da Geórgia revela esse custo oculto da assistência em saúde privatizada no sistema prisional e mostra que não se trata de uma situação isolada.

  • Capítulo 3: Liberdade pandêmica

    Capítulo 3: Liberdade pandêmica

    Duração: 29min

    A pandemia do novo coronavírus ajudou a diminuir a população carcerária nos Estados Unidos, com liberações em massa de detentos que aguardavam julgamento por terem cometido delitos mais leves. Alguns enxergam as libertações feitas como uma oportunidade para reverter o encarceramento em massa no país, que, além de afetar com especial crueldade negros e pobres, faz com que muitos deles morram nas cadeias sem nem mesmo terem tido a chance de serem julgados por seus atos.

  • Capítulo 4: Negligência letal

    Capítulo 4: Negligência letal

    Duração: 25min

    Ser mulher entre os detentos do sistema prisional americano pode ser algo arriscado e, até mesmo, letal. Mesmo sendo um público crescente entre a população carcerária, as mulheres sofrem em centros de detenção mal equipados com atendimento precarizado e ineficiente, que, muitas das vezes, são fatais para elas e, no caso de gestantes, para seus bebês.